Ludmilla

Ludmilla

Insônia (part. Marília Mendonça)

Álbum: #Ludmilla - Mais Tocadas 0 Plays

Letra

Você tá aí, bebendo saudade
Fazendo vergonha
Tá fazendo merda no meio da rua
E nada disso cura a tua insônia

Você tá aí, vestindo orgulho
Gastando o que não pode
Vivendo uma vida que já não é sua
E nada disso cura a tua insônia

É que você me procura embaixo do seu cobertor
E se desespera quando vê que eu não tô
E o nome disso é saudade, se você não reparou

Mas você se acha tão foda
Que olha os sinais e não nota
Morre de saudade e não volta
Tá se achando o popstar

Mas você se acha tão foda
Que olha os sinais e não nota
Olha que o mundo dá volta
Aonde você vai parar?

Iê, iê, iê, iê
Iê, iê, iê, iê
Iê, iê, iê, iê

Você tá aí, vestindo orgulho
Gastando o que não pode
Vivendo uma vida que já não é sua
E nada disso cura a sua insônia

É que você me procura debaixo do seu cobertor
E se desespera quando vê que eu não tô
E o nome disso é saudade, se você não reparou

Mas você se acha tão foda
Que olha os sinais e não nota
Morre de saudade e não volta
Tá se achando o popstar

Mas você se acha tão foda
Que olha os sinais e não nota
Morre de saudade e não volta
Aonde você vai parar?

Iê, iê, iê, iê
Iê, iê, iê, iê
Iê, iê, iê, iê

Iê, iê, iê, iê
Iê, iê, iê, iê
Iê, iê, iê, iê

Aonde você vai parar?
Você tá aí