Forró Na Boate Letra

Fui convidado pra cantar numa boate
Tava toda socialite
E eu botando pra moer
O meu forró tava agitando a galera ai veio uma donzela que queria aparecer
Uma galega vestida de calça jeans eu querendo testar meu nível pensando que o vei abria
Mais eu nem abro na balada nem pro trem diga ai o seu balanço que eu invento a melodia

E começou a fuleragem
E começou a putaria
Red Bull no meu whisky
vou mostra pra essa galega como a noite vira dia

Levante o dedo quem gostar de rapariga
Levante o dedo quem for doido por mulher
E quem quiser acompanhar os cavaleiros peça logo a saideira e vamos lá pro cabaré

(bis)
E começou a fuleragem
E começou a putaria
Red Bull no meu whisky
vou mostra pra essa galega como a noite vira dia