Cavaleiros do Forró

Cavaleiros do Forró

Cinco Horas Da Manhã

Álbum: #Cavaleiros do Forró - Mais Tocadas 0 Plays

Cinco Horas Da Manhã Letra

Cinco horas da manhã
O sol nascendo
E nóis não para de beber
E nóis não para de beber
Loucos, loucos, loucos

A polícia querendo prender meu som
E nóis não para de beber
E nóis não para de beber
Loucos, loucos, loucos

Acabou a festa mais a farra continua
Já tô virando bicho aqui no meio da rua
Tô de frente o posto
O clima aqui tá bom
Nessas horas até frentista virou garçom

Chamei a galera pra fazer a fuleiragem
Comprei água de coco, red bull até sprite
Uma caixa de cerveja pra gente lavar
5 Sacos gelo
E 1 caixa de old parr

E a galera que já tá ficando beba
Porque no meu carro até o capo já virou mesa
E as meninas já tão todas assanhadas
Já tem neguinho até dormindo na calçada

Cinco horas da manhã
O sol nascendo
E nóis não para de beber
E nóis não para de beber
Loucos, loucos, loucos

A policia querendo prender meu som
E nóis não para de beber
E nóis não para de beber
Loucos, loucos, loucos